Posts com a Tag ‘Taquari’

Meio Ambiente em Taquari

quinta-feira, 24 de maio de 2012

O projeto Meio Ambiente na Escola esteve nesta semana na Escola Estadual de Ensino Médio Barão de Ibicuí, na cidade de Taquari.

Na visita, a coordenadora do projeto Miriam Volkmer Destefani convidou os alunos a participar do Concurso de Poesias – 2012. O objetivo do concurso é estimular e incentivar atitudes ambientalmente corretas e sustentáveis, também através da arte, já o tema é “O Meio Ambiente e a Vida”.

No Blog do Meio Ambiente já está disponível a ficha de inscrição para o concurso. Coloque as ideias para funcionar e participe. A premiação sai no fim do ano.

 Veja as fotos da reunião: E.E.E.M. Barão de Ibicuí

 

Rodrigo Nascimento
rodrigon@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Fapeco agita Pereira Coruja

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Feira empolgou alunos/divulgação

Com lotação esgotada, os dois dias da Feira Ambiental do Pereira Coruja (Fapeco) agitaram os  alunos da escola de Taquari, que participaram de palestras com profissionais de renome no mercado nacional. O evento teve este ano uma proposta metodológica diferenciada, contou com os eixos norteadores educação, cidadania e profissionalismo. Os estudantes foram presenteados com egobags confeccionadas nas oficinas do Projeto Eco Empreender, realizadas em parceria da Will English School, Associação Casa Maria Eunice e Certaja.

Atividade foi envolvente/divulgação

No primeiro dia do evento,  o gerente florestal da Duratex, José Sene, compartilhou suas reflexões sobre a necessidade de preservação ambiental. A gerente do Sicredi, Karla Becker, explanou sobre os projetos socioambientais da entidade. Também houve oficinas de Educação Ambiental, ministradas por frequentadores do curso técnico em Meio Ambiente. No segundo dia, com a participação da gestora de recursos humanos, Fabiana Martins, discutido o perfil do profissional do século do XXI e apresentados o projeto socioambiental Dom Quixote e um número do grupo de hip hop.  

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

E o vencedor é… o meio ambiente

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010
 
 
 

Cerimônia contou com a presença de apoiadores, representantes das escolas e de turmas vencedoras, além da direção do jornal O Informativo

 Lajeado – Milhares de árvores brotam e enchem de verde os municípios do Vale do Taquari. Cada uma das mudas que daqui a pouco vão dar frutos ou ser fonte de outras vidas  contou com a boa vontade de alunos, professores, pais e comunidade que puseram as mãos na terra. A semente foi plantada por meio das Olimpíadas Ambientais, competição idealizada pelo Projeto Meio Ambiente na Escola, da Rede Vale de Comunicação (RVC), detentora da marca O Informativo do Vale. As escolas e turmas que participaram ativamente, e que acabaram se sobressaindo tanto na proposta de reflorestar quanto de catar latinhas, garrafas pet, recolher óleo de cozinha, postar notícias no blog, confeccionar sacolas com papel-jornal, foram premiados ontem, na sede da RVC.

Durante a cerimônia de entrega da premiação, a coordenadora-geral do Meio Ambiente na Escola, Miriam Volkmer Destefani, salientou que o projeto vai além dos leitores do jornal O Informativo, pois leva informações ambientais a um universo de 14 mil alunos. “Além do material impresso, na edição de 2010, as olimpíadas deram um tempero especial ao incentivar alunos, professores, pais e parceiros para que levassem à prática essa bandeira de preservar o meio ambiente na busca da sustentabilidade do planeta. A lucratividade das tarefas está naquilo que todos querem: o meio ambiente sadio.” E parece que essa lição ficou carimbada naqueles que trabalharam para realizar as tarefas. O aluno da Escola São Francisco, de Progresso, Felipe Vittorassi, reconhece que o êxito da sua instituição nas olimpíadas se deu porque todos colaboraram. “O exemplo mais importante que fica é que precisamos cuidar da natureza, simplesmente porque, sem ela, não sobreviveríamos.”

O projeto, lembrou a coordenadora, só foi possível graças à parceria dos patrocinadores: Banrisul, Corsan, Certel, Conpasul, Prefeitura de Estrela, Univates, ArcoGás, Dullius, Jetsul e Olicenter. Presente ao evento, a secretária do Meio Ambiente e Saneamento Básico de Estrela, Ângela Maria Schossler, se disse satisfeita com os resultados obtidos pela iniciativa, tanto que a prefeitura já decidiu renovar a parceria. “As questões ambientais precisam do aporte da comunicação para promover as informações e as mudanças no dia a dia. O que vale é a motivação. Parabéns a todas as escolas que participaram e aos demais que estiveram envolvidos.”

Três escolas premiadas
Na solenidade, três das 22 escolas que concluíram as olimpíadas embolsaram a recompensa por terem se destacado no cumprimento de cinco tarefas.

São Francisco vence e fica com data-show
A instituição que arrematou a classificação ouro, na categoria Master, foi a Escola Estadual São Francisco, de Progresso, que também garantiu o terceiro lugar, na categoria Junior. As turmas inscritas no projeto conseguiram plantar o total de 1.723 mudas de árvores; confeccionaram 625 embalagens ecobag; recolheram 216 quilos de latinhas e 180,5 quilos de garrafas pet; 545 litros de óleo de cozinha usado e postaram duas notícias no blog do projeto. A soma desses números – 21.287 pontos – garantiu à escola um data-show com tela, na categoria Master, e de R$ 500, na Junior, já que a Turma 3º Ano B somou  13.068,02 pontos.

3º lugar: alunas Graciela Martini Talini e Gabriela Pellenz Vettorazzi receberam prêmio de R$ 500 da secretária de Estrela, Ângela Maria Schossler

 
 

1º lugar Master: diretora da escola de Progresso, Zuleide Mânica, Oswaldo Carlos van Leeuwen e o professor-coordenador Sérgio Bianchini com o data-show com tela

 Ana Néri: equipe fica em primeiro e leva R$ 2 mil
O segundo lugar, na categoria Master, foi garantido pela Escola Ana Néri, de Marques de Souza, que somou 14.308 pontos e recebeu um microcomputador. Na categoria Junior, a Equipão da Ana Néri atingiu o topo do ranking e foi recompensada com um cheque de R$ 2 mil. A aluna que representou a equipe, Ana Emília Frank Lutz, diz que os prêmios são o reconhecimento de um esforço conjunto. “Esta é a recompensa de todo nosso trabalho, e é uma prova de que a nossa união, da escola com a comunidade, fez a diferença”, aponta a estudante.

 

2º lugar Master: diretora Rejane Maria Althaus, da Escola Ana Néri, e José Ivan Maia, representante da Conpasul, na entrega do microcomputador

1º Lugar Junior: líder da equipe da escola de Marques de Souza, Ana Emília, acompanhada da professora-coordenadora Vera Lucia Cella Bruch, recebeu cheque de R$ 2 mil do representante da Univates, professor Raul Stoll

Taquari na segunda e terceira colocações
A terceira posição, na categoria Master, foi alcançada pelo Instituto Estadual Pereira Coruja, de Taquari, com 13.582 pontos. Essa pontuação lhe rendeu como prêmio uma impressora multifuncional. A instituição, na categoria Junior, também levou um cheque de R$ 1 mil por ter alcançado a classificação prata. “Além do prêmio, o importante neste momento é que os objetivos das olimpíadas foram alcançados, pelo menos na nossa escola. Os alunos tomaram consciência, e agora cuidam melhor do próprio espaço físico do instituto. O projeto foi interessante também na medida em que a professora-coordenadora, a Luciene (Pereira), conseguiu mexer com toda a instituição e não só com o Ensino Médio”, salienta a diretora, Elis Regina Reis Saldanha.

2º lugar Junior: Representante da Certel, Ricardo Jasper, que fez entrega do prêmio de R$ 1 mil

3º lugar Master: representante da Olicenter, Adelaide Scherer, na entrega da impressora multifuncional à diretora do Instituto Pereira Coruja, Elis Regina

Em 2011 tem mais
Uma ação inédita está programada para o ano que vem. O tema “Meio Ambiente Sustentável” vai vir embalado pelo som da música, carro-chefe da próxima edição do Projeto Meio Ambiente na Escola. O lançamento oficial deve ocorrer dia 22 de março, na Univates, enquanto as inscrições poderão ser feitas a partir de abril de 2011. A novidade é que, em vez de olimpíadas, um festival de música vai animar as escolas participantes para estimular a preservação ambiental sustentável e incentivar atitudes ecologicamente corretas.

Miriam Volkmer Destefani

Além disso, as comunidades escolares serão agraciadas com as apresentações do Grupo Joselo Schuap, de Misiones, Argentina, que desenvolve, por meio de melodias, uma proposta ambiental diferenciada, com ritmos que variam de milonga a chamamé. Para o projeto funcionar, cada instituição deverá escolher uma canção para participar do festival. Um grupo de jurados qualificados, composto de profissionais ligados à área, fará a seleção das 15 melhores músicas inscritas para fazer parte da etapa final do festival. As pré-classificadas também deverão se apresentar num evento aberto ao público. Entre elas serão distribuídos prêmios para os três primeiros lugares em duas categorias, escolas e autores.
“As olimpíadas fizeram com que se levasse à prática essa bandeira de preservar o meio ambiente na busca da sustentabilidade do planeta.A lucratividade das tarefas está naquilo que todos querem: o meio ambiente sadio”, coloca Miriam Volkmer Destefani.

 Foram 6.583 mudas de árvores nativas plantadas;
4.572 sacolas ecobag confeccionadas com papel-jornal;
1.291 quilos de latinhas de alumínio e 3.008 quilos de  garrafas pet recolhidos;
3.466 litros de óleo de cozinha recolhidos

Cíntia Marchi
cintia@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 4.0/5 (4 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +3 (from 5 votes)

Parabéns, escolas

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

As Olimpíadas Ambientais apontaram hoje as escolas melhores colocadas nas tarefas propostas pelo suplemento Meio Ambiente na Escola. Na equipe master, a Escola Estadual São Francisco, de Progresso, conquistou a classificação ouro, com 21.287 pontos; seguida da Escola Estadual Ana Néri, de Marques de Souza, que atingiu 14.308 pontos; e do Instituto Estadual de Educação Pereira Coruja, de Taquari, que atingiu a classificação bronze, com 13.582 pontos. Na equipe júnior, que contou com 47 turmas, o primeiro lugar foi do Equipão da Ana Néri, com 14.308 pontos. O Pereira Coruja somou 13.582 pontos e obteve a classificação prata, enquanto que o terceiro lugar ficou com a turma 3º Ano B, da Escola São Francisco, com  13.068,02 pontos.

São vencedores todos os que participaram da iniciativa do jornal O Informativo Vale – quem plantou árvores, recolheu latinhas e garrafa pet, coletou óleo de cozinha usado e mandou notícias para o blog. Também são vitoriosos a equipe que bolou as Olimpíadas Ambientais e os apoiadores – Banrisul, Corsan, Certel, Conpasul, Univates, ArcoGás, Dullius, Jetsul, Olicenter e Prefeitura de Estrela.

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 4.5/5 (4 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +3 (from 3 votes)

Pereira Coruja lança II Eco Dia

quarta-feira, 20 de outubro de 2010
Evento inspira-se em desenho infantil

O II Eco Dia do IEE Pereira Coruja foi lançado recentemente e os alunos estão pra lá de motivados. O Eco Dia é um evento organizado pela escola de Taquari com o objetivo promover a consicência ecológica da população taquariense através de uma corrida de barcos confeccionados somente com garrafa pet e materiais descartados, na Lagoa Armênia, um dos principais pontos turísticos da cidade. Este ano, o evento contará com barcos temáticos alusivos ao desenho infantil Corrida Maluca, será realizado em 28 de novembro e promete dar o que falar…  Os alunos já estão confeccionando os barcos que serão muito estilosos…

Luciene Pereira
I. E. E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 2 votes)

Batalha atrás do óleo

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Marcio mostra a banha de porco

O IEE Pereira Couja tem alunos de todas as localidades de Taquari. Um deles apresentou uma justificativa por ainda não ter conseguido levar óleo de cozinha para a escola… O motivo é que Marcio Martins mora em uma chácara e lá eles criam porcos - muito bonitos, por sinal -, dos quais é possível extrair a “banha de porco”, que tem a mesma função do azeite … Um autêntico exemplo de agricultura familiar.

Luciene Pereira
I. E. E. Pereira Coruja

Da criação de porcos provém a banha, que substitui o óleo

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +1 (from 1 vote)

Pereira Coruja leva prêmio

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Secretário estadual de Educação entregou prêmio. Foto: Andrey Santos

No dia 6 de outubro, ocorreu um seminário para divulgar as “Boas Práticas” das cinco escolas gaúchas escolhidas como as melhores do Estado no Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar 2010, entre as quais o Instituto Estadual de Educação Pereira Coruja, de Taquari. A diretora, Elis Regina Reis Saldanha (na foto,  à direita do secretário de Educação do Estado, Ervino Deon) recebeu uma placa de reconhecimento. A escola vencedora entre as cinco e que representa o Estado no Prêmio Nacional é a EEEF Professora Glória Veronese, da cidade de Três de Maio.

Luciene Pereira
I. E. E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)

Mascote ecologicamente correto

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

A coruja

Uma verdadeira obra de arte tem chamado a atenção dos alunos que circulam pelo IEE Pereira Coruja. O mascote confeccionado essencialmente com material reciclado é uma réplica perfeita da coruja, símbolo da escola de Taquari. A inspiração nas Olimpíadas Ambientais faz o que iria parar no lixo transformar-se em objeto decorativo. Parabéns ao artista!!!

Luciene Pereira
I.E.E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 4.3/5 (3 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +2 (from 2 votes)

Pereira Coruja tem coleta seletiva

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Lixeiras específicas facilitam separação do lixo

A reciclagem já faz parte do nosso dia a dia. Pelo menos nesse setor, o Brasil tem razões de sobra para comemorar os índices de lixo reaproveitado. O IEE Pereira Coruja, de Taquari, não poderia ficar fora e, desde 2008, conta com lixeiras específicas para incentivar os alunos na separação de seus resíduos, ajudando não só a escola, mas o meio em que estão inseridos.
Por isso, é importante aumentar essa corrente da reciclagem. Ao separar uma latinha de refrigerante do lixo doméstico para o da reciclagem, você contribui para que o país continue sendo um dos campeões de reaproveitamento do material descartado em embalagens industriais. E ninguém vai poder dizer que não cuidamos do nosso lixo, da maneira mais correta possível. Ponto para todos nós!!!

Luciene Pereira
I.E.E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Revendo atividades

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Alunos acompanham notícias no blog

Com a proximidade do final das Olimpíadas Ambientais do I.E.E. Pereira Coruja, os alunos aproveitaram o recreio para conferir as notícias postadas no blog e refletir sobre as ações realizadas neste período, que comprovam que uma semente de boas ações foi plantada na escola de Taquari e deverá continuar sendo cuidada por todos os alunos.

Luciene Pereira
I.E.E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)