Posts com a Tag ‘Planeta’

Em defesa da vida

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Dom Canísio Klaus (c) participou do evento/Alício de Assunção

Cerca de 200 pessoas reuniram-se no fim de semana no Distrito de Tamanduá, em Marques de Souza, para debater assuntos relacionados ao meio ambiente e ao futuro do planeta. O 26º Encontro Diocesano das Comunidades Eclesiais de Base da Diocese de Santa Cruz do Sul teve como lema “Nosso planeta, nossa casa, cuide-se”. Coordenado pelo frei Milton Backes, contou com representantes de dezenas de comunidades religiosas. “Não podemos ficar alheios aos fenômenos climáticos que afetam nossa vida diariamente. Temos o exemplo da enchente de 2010 aqui na localidade. Por isso é hora de parar e repensar nossas atitudes. A natureza está nos cobrando um preço muito alto”, destacou o religioso.  O evento também contou com a realização de oficinas na Escola Henrique Geiss, tratando de assuntos como agroecologia, saúde, alimentação saudável e plantas medicinais, entre outros. Também houve a exibição do documentário produzido pela TV Informativo, retratando a Revolta Mucker, que teve episódios ocorridos na localidade. “Uma maneira de mostrarmos um pouco de nossa história para os visitantes”, explicou Backes, que entregou uma muda de árvore para o presidente da comunidade evangélica, Jurandir Brenner. “Uma forma de demonstrar que nossas comunidades religiosas são unidas pela fé.” No encerramento, o bispo da diocese, Dom Canísio Klaus, celebrou a missa conclamando todos para estar sempre conscientes na defesa pela vida. No final foi emitida a carta do encontro.  Fonte: O Informativo do Vale

Poluição nos rios foi representada/Alício de Assunção

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Além da escola

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Alunos das equipes do 2ºC e do 1ª C do Ensino Médio da Escola Estadual Paverama que participam das Olmpíadas Ambientais visitaram a Escola Municipal Prof Gonçalina Pinto Vilanova  para pedir colaboração na coleta de óleo de cozinha, latas de alumínio e garrafas pet. Aproveitaram ainda para conscientizar sobre a necessidade de cuidar do planeta.

Vera Regina Kich
E. E. Paverama

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +1 (from 1 vote)

Professora em congresso

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A professora do IEE Pereira Coruja, de Taquari, apresentou seu trabalho que integra Desenvolvimento Sustentável, Estatística e o novo ENEM no recente V Congresso Internacional de Educação Matemática. O tema tem sido bastante discutido diante da tendência de preocupação global com o futuro do planeta.

Luciene Pereira
I. E. E. Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)

Mensagem de conscientização

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

 

Alunos expressaram preocupação ambiental

Teatro sobre de conscientização ambiental apresentado pelos alunos de 2° ano para toda a Escola Estadual de Ensino Médio Forquetinha deixou sua mensagem em relação à sua comunidade e a todo planeta.

Marisete Mathes  
E.E. de Forquetinha

Peça foi apresentada a toda escola

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)

Um dia de alerta

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Dia da Terra, 22 de abril: para unir forças pelo planeta

Criado há 40 anos, nos Estados Unidos, pelo senador Gaylord Nelson, o Dia da Terra não tem por objetivo firmar uma data para comemorações, e sim para se fazer alertas. Neste 22 de abril, milhões de pessoas ao redor do mundo se reunirão para protestar contra as ameaças que a própria humanidade criou ao planeta.

Já em Nova York, a tradicional Casa Christie’s realiza hoje um leilão, cuja renda vai aer doada para financiar projetos “verdes”, sem fins lucrativos. Podem ser dados lances para uma partida de golfe com Bill Clinton, cinco noites de luxúria em Bali e um fim de semana de loucura em Manhattan. Ou ainda uma viagem para seis pessoas mais aventureiras – um safari fotográfico em Botsuana junto com Chris John, editor da National Geographic. Seis dos 21 lotes já estão recebendo lances na internet. Fonte: AFP

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Dia da Terra nesta quinta

quarta-feira, 21 de abril de 2010

O mundo lembra nesta quinta-feira o Dia Mundial da Terra, uma tradição desde 1990. Desde então, a cada ano o mundo lembra a primeira manifestação, realizada em 22 de abril de 1970, iniciada pelo senador norte-americano Gaylord Nelson. O ativista lutou pela criação de uma agenda ambiental, com apoio de duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades. A pressão social levou à implantação da Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente.

Bandeira não-oficial do Dia da Terra

Vão aí algumas dicas de atitudes práticas para proteger a Terra – cuidar do planeta deve fazer parte da rotina de cada um, cientes de que os recursos naturais são finitos:
- prefira sempre os produtos de limpeza biodegradáveis:  não provocam acúmulo de resíduos tóxicos nos rios e mares;
- prefira os produtos com embalagens retornáveis: o material plástico demora centena de anos para se decompor;
- leve sua própria sacola para carregar suas compras e evite o uso de sacolas plásticas;
- reduza o lixo: um indivíduo pode produzir, em média, cerca de um quilo de resíduos por dia e a sua separação é indispensável para que alguns materiais, como os plásticos, o papel e o vidro possam ser reciclados e reutilizados.
- economize papel: muitas árvores são derrubadas para se obter a celulose, que é a matéria prima utilizada na fabricação de papel;
- incentive e realize a coleta seletiva de lixo;
- apague as luzes quando não estiver no ambiente e substitua as suas lâmpadas comuns pelas fluorescentes, já que estas são mais eficientes no consumo de energia;
- desligue todos os aparelhos eletrônicos como TV, aparelhagem e computadores e não os deixe em standby quando não os estiver utilizando. Estes aparelhos continuam consumindo energia mesmo depois de desligados;
- procure fazer banhos mais rápidos, assim, poupa a energia necessária para aquecer grandes quantidades de água durante o banho;
- procure utilizar a máquinas de lavar sempre cheia de louça ou roupa e assim diminua desperdícios de energia e de água;
- procure escovar os dentes com a torneira fechada;
- para lavar o carro, procure utilizar balde e não mangueira;
- para lavar louça, procure encher a pia de água e manter a torneira fechada;
- nunca deixe torneiras pingando;
- só imprima documentos se houver extrema necessidade;
- não jogue lixo doméstico perigoso no meio ambiente: tintas, tíner, agrotóxicos e fluidos para carros nunca devem ser jogados em latas de lixo ou no esgoto. Informe-se sobre a melhor maneira de descartá-los e evite usá-los sempre que puder.

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Deuses do Olimpo de olho no meio ambiente

quinta-feira, 25 de março de 2010

Enquanto o país se prepara para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, o suplemento Meio Ambiente na Escola antecipa o desafio e transforma estudantes do Ensino Médio da região em atletas do conhecimento. A publicação do jornal O Informativo do Vale apresenta as Olimpíadas Ambientais, uma atividade que incentiva ações locais para estimular o engajamento da comunidade escolar e regional na preservação do planeta. 

A atividade troca as provas esportivas por tarefas, e as medalhas por prêmios. Os atletas das Olimpíadas Ambientais podem ser premiados por escola (Equipe Master), de acordo com a pontuação obtida pelo estabelecimento de ensino. Na classificação Ouro, o colégio leva um data-show com tela; na Prata, um microcomputador e na Bronze, uma impressora multifuncional. Há ainda a premiação por turmas (Equipe Junior), de acordo com o número de pontos conquistados. O primeiro lugar, Ouro, ganha R$ 2 mil; o segundo, Prata, R$ 1 mil e o terceiro, Bronze, R$ 500.

 Reúna a galera e entre nessa. Afinal, os deuses do Olimpo também estão de olho na preservação ambiental.

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +1 (from 1 vote)

1,26 microssegundos a menos

terça-feira, 2 de março de 2010

O terremoto de magnitude 8,8 que atingiu o Chile na madrugada do sábado pode ter alterado o eixo de rotação da Terra e ter deixado os dias mais curtos, segundo cientistas da Agência Espacial dos EUA (Nasa). A mudança é mínima e praticamente imperceptível, mas permanente. Cada dia durará 1,26 microssegundos a menos, segundo cálculos preliminares. Um microssegundo equivale a um milionésimo de segundo. O eixo da Terra se deslocou oito centímetros, o suficiente para alterar, mesmo que minimamente, a duração dos dias terrestres.

Um terremoto forte como o que atingiu o Chile desloca grandes porções de terra e rochas e altera a distribuição de massa no planeta. Quando esse balanço sofre mudanças, também é alterada a velocidade de rotação da Terra, que mede o começo e o fim de um dia quando o planeta dá a volta em torno de si mesmo.

Os cientistas usam o exemplo de um skatista para esclarecer o fato. Quando o atleta estica os braços, ele gira mais rápido. Isso ocorre porque a distribuição de massa do seu corpo é alterada, o que afeta sua velocidade de rotação. Fonte: Agência Estado

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Com a palavra, os jovens

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Numa iniciativa dos ministérios do Meio Ambiente e da Educação, cerca de 500 jovens de 50 nacionalidades vão estar em Brasília, de 5 a 10 de junho, para discutir meio ambiente. Será a 1ª Conferência Internacional Infanto-Juvenil – Vamos Cuidar do Planeta (Confint). Com idades entre 12 e 16 anos, os adolescentes vão debater os problemas socioambientais globais, com o foco nas mudanças climáticas.

Diferente das conferências adulto, onde são propostas políticas sobre o tema, na Confint os jovens dão o exemplo com a Carta das Responsabilidades. Ao participar de atividades lúdicas, oficinas práticas, diálogos interculturais e intergeracionais, eles constroem o compromisso de agir e fazer do planeta um lugar melhor, promovendo ações sustentáveis que devem ser implementadas local e globalmente.

vamos

O evento permite, também, que crianças e jovens do mundo todo se apropriem dos compromissos globais, assumindo responsabilidades para a construção de sociedades sustentáveis, e promover uma rede de cuidados com o planeta.

Ao aceitar participar da Confint, cada país assume o compromisso de realizar a sua etapa nacional da conferência. Os debates começam nas escolas mobilizando estudantes, professores e as comunidades locais sobre as vantagens do meio ambiente preservado, contribuindo para a transformação da qualidade de vida local. Em cada etapa escolar são plantadas dez árvores. Depois, segue para a realização do encontro nacional.

A etapa mundial permite aos educadores e jovens compartilhar as experiências vividas em suas comunidades e países, e elaborar uma carta de responsabilidades e ações. A Conferência Internacional é um projeto que se insere na Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014) da ONU. Veja os países que vão cadastrados para a Confint (http://cuidar-planeta.info/bdf/pt/liste.html). Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)