Posts com a Tag ‘mudas’

Ação recolhe 290kg de lixo e distribui 200 mudas de àrvores

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Teutônia – As atividades da ação socioambiental teutoniense Revive Boa Vista, em sua 5ª edição, ocorreram no sábado, dia 11. Na oportunidade, cerca de 50 voluntários recolheram 290 quilos de lixo no Arroio Boa Vista e seus afluentes nos bairros Teutônia e Canabarro, além do Parque Poliesportivo Municipal. Divididos em equipes, três grupos também distribuíram 200 mudas de árvores nativas nas sinaleiras dos bairros Languiru e Canabarro e no Centro Administrativo de Teutônia. A programação da manhã ainda contou com visitação ao Aterro Sanitário, em Linha Wink.

Visita ao Aterro Sanitário de Teutônia

Na visitação ao Aterro Sanitário de Teutônia, todos puderam constatar de perto o volume de lixo produzido pela população. A montanha de fato assustou. Mensalmente o local recebe em torno de 320 toneladas de lixo, volume que aumenta consideravelmente a cada ano. Uma única pessoa na zona urbana gera 440g de lixo por dia, enquanto que na zona rural esse volume é de 106g por pessoa.

Uma segunda vala foi construída em 2008 e esperava-se que atendesse às necessidades do município por 20 anos. Porém, a realidade é outra e, hoje, cerca seis anos depois, já está muito próxima de sua capacidade máxima.

Recolhimento de lixo

Em seguida, os grupos seguiram para destinos diferentes. Um deles percorreu o afluente do Arroio Boa Vista na Cuba, no Bairro Teutônia; outro efetuou a coleta de lixo no Arroio Ferreira e no Parque Poliesportivo Municipal, no Bairro Canabarro; enquanto que o terceiro grupo esteve na Associação dos Funcionários da BRF e na Associação dos Funcionários da Languiru, no Bairro Languiru.

Todo lixo recolhido nesses pontos foi coletado por caminhão da Prefeitura de Teutônia, que ao final da programação levou os resíduos até o aterro sanitário, onde o material será devidamente separado para o destino final correto. Entre os materiais encontrados estiveram metais, pneus, plásticos diversos, garrafas pet, PVC, e, acreditem, até um sofá.

“A correta separação e destinação do lixo é fundamental. É esse envolvimento que buscamos, pois somente unindo esforços temos a certeza de que podemos alcançar os objetivos propostos pelo projeto. Estamos indo ao encontro da comunidade e a conscientização inicia nas nossas próprias casas”, frisou a coordenadora da unidade Parceiros Voluntários de Teutônia, Daiane Ohlweiler.

Fonte: www.informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +1 (from 1 vote)

Recuperação de nascente em Sério

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Bergmann com os filhos e o líder de núcleo da Certel, Augusto Domingos Favaretto/Samuel Dickel Bünecker/

O plantio de mudas de árvores fez com que o agricultor Hilário João Bergmann, de Paredão, Sério, recuperasse uma nascente em sua propriedade. Feita pela Certel, a doação das mudas ocorreu no início desta década, dentro do programa de reposição florestal da Hidrelétrica Salto Forqueta. No passado, por muito tempo, a nascente recuperada abastecia com água algumas famílias da localidade, mas, depois da implantação de um potreiro, acabou secando. “Na época em que iniciamos o plantio, não tínhamos noção de que uma vertente voltaria a funcionar com a arborização do local. Lembro muito bem de quando casei e sempre havia água em abundância.” Francisco José Bergmann (25), filho de Hilário, comenta o que aconteceu em recente período de estiagem. “Nossa nascente foi uma das poucas fontes de água na localidade que não secou. O apoio que a Certel dá nesse sentido aos associados é importante, pois é nosso dever deixar o meio ambiente preservado para as novas gerações.” A Certel desenvolve, em parceria com aecretarias municipais de Agricultura e Meio Ambiente e Emater, o Programa de Recuperação e Proteção de Nascentes, que integra o Projeto Energia Verde em Harmonia Ambiental. O objetivo é  promover a recuperação e proteção de nascentes como forma de melhorar a sustentabilidade da pequena propriedade e desenvolver um núcleo de pequenos produtores modelo em preservação de nascentes, visando uma maior conscientização das comunidades. Fonte: Assessoria de Imprensa Certel

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Mudas no Arroio Grande

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Alunos fizeram o plantio das mudas próximo do arroio

Envolvidos nas Olimpíadas Ambientais, as equipes do 1º ano A e B do diurno da Escola Estadual Paverama se motivaram e, com a professora Elizabete, coodenadora das duas turmas, organizaram o plantio de mudas ao redor do Arroio Grande . O alunos receberam intruções  e ajuda de um funcionário responsavel na area do Meio Ambiente da prefeitura.

Vera Regina Kich
E. E. Paverama

Profissional da prefeitura orientou plantio

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)

Mais mudas em Marques de Souza

segunda-feira, 6 de setembro de 2010
Atividade reuniu alunos em prol do meio ambiente

Cada muda, uma boa ação ao meio ambiente

A Escola Estadual Ana Néri realizou recente plantio de mudas de árvores na beira do Rio Forqueta, de Marques de Souza. Foi a partir do projeto de O Informativo do Vale que surgiu a ideia de reflorestar as margens do manancial, ainda com a ajuda e recomendações de responsável do Meio Ambiente, Marcelo Krüger.

Ana Souza
E. E. Ana Néri

Escola inspirou-se nas Olimpíadas Ambientais

Responsável pelo Meio Ambiente, Marcelo Krüger, orientou plantio

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 3.0/5 (2 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 2 votes)

Um presente para o futuro

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Alunos plantaram as mudas às margens da Lagoa Crispim

Estudantes arrecadaram as unidades plantadas

A preocupação com o futuro pode garantir um presente bem melhor. Foi com este objetivo que a turma 301 da Escola Estadual São Miguel, de Cruzeiro do Sul, fez o plantio de mudas de árvores nativas. Foi à margem da Lagoa Crispim, um bonito espaço de lazer, que atrai centenas de veranistas todos os anos. Além de contribuir  com o meio ambiente, os alunos deixaram sua marca no local. Todas as mudas foram arrecadadas pelos próprios estudantes.

Sabrina Schmitt (Equipe 301)
E. E. São Miguel

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 3 votes)

Mudas para o Pereira Coruja

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Ieda Jaqueline recebe as mudas de Gilnei, da Duraflora

O IEE Pereira Coruja recebeu recente doação da empresa Duraflora, do grupo Duratex, de mudas de árvores nativas.  O plantio deve movimentar os alunos da escola de Taquari. É aguardar e conferir. As plantas fora recebidas pela Diretora do Ensino Fundamente Ieda Jaqueline. Serão cuidadas pelos alunos do curso Técnico em Meio Ambiente até o momento de ir para a terra. Isto é que trabalho em equipe…

Luciene Pereira
IEE Pereira Coruja

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 3.0/5 (2 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)

Arrecadação de mudas é sucesso

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Estudantes mobilizaram-se para reunir mudas de árvores

A equipe 301 da Escola Estadual São Miguel, de Cruzeiro do Sul, realizou com seu cordenador o recebimento de cem mudas de árvores nativas, que foram doados por alunos da própria equipe. Foi pedido que cada estudante tentasse doar pelos menos cinco unidades, que serão plantadas pela turma, com o professor responsável, sempre pensando em um meio ambiente melhor.

Fábio Jr. Ferronato
E. E. São Miguel

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Viveiro da Certel colabora com meio ambiente bresciense

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Professores destacam iniciativa da escola

A Escola Estadual de Nova Bréscia recebeu a doação de cem mudas de árvores nativas e frutíferas do Viveiro de Mudas da Certel, de Teutônia.  Foi com a ajuda da cooperativa que a comunidade escolar, funcionários, professores, alunos, puderam plantar as árvores na escola e nas suas casas, a fim de cooperar com o plantio e ampliar a quantidade de árvores existentes no município. O estabelecimento de ensino agradece à Certel por ajudar na preservação do meio ambiente.

Bábila Sartori
E. E. Nova Bréscia

Estabelecimento de ensino agradece doação da Certel

Estudantes com as mudas repassadas pelo viveiro de Teutônia

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 1.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 2 votes)

Mais árvores em Nova Bréscia

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Atividades envolveu alunos e professores

Os alunos da Escola Estadual Nova Bréscia participam das Olimpíadas Ambientais com o objetivo de valorizarem o meio ambiente e a vivência de valores éticos e morais. O colégio está diferente porque árvores frutíferas foram plantadas pelos alunos, a fim de se conscientizarem da preservação, dizendo “não” ao desmatamento. 

Localizado perto da quadra esportiva, espaço primeiro foi limpo

Primeiro, os alunos foram convidados a limpar o lugar que receberia as árvores. Após a limpeza, os estudantes fizeram os buracos, colocaram húmus e então as mudas foram plantadas.

Bábila Sartori
E. E. Nova Bréscia

Nova Bréscia dá lição de preservação ao meio ambiente

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: +1 (from 5 votes)

As sementes da Certel

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Projeto Raízes: destaque à Escola Estadual Domênico Vincentini, de Encantado

Os projetos em prol do meio ambiente já são tradição na Certel. São várias iniciativas, com os programas responsáveis pela conscientização de milhares de estudantes, professores e familiares. Entre eles, o Viveiro de Essências Florestais, iniciado em 1988. São produzidas mudas de espécies nativas e exóticas, utilizadas nos projetos sociais e nas suas próprias ações de reflorestamento. 

Funcionários de empresas com selo Carbono Neutro conhecem viveiro

 Carbono Neutro
O programa Energia Verde em Harmonia Ambiental, que concede o selo Carbono Neutro para entidades associadas que neutralizarem as suas emissões dos gases de efeito estufa, principais causadores do aquecimento global, com o plantio de árvores. Um total de 35 instituições, entre empresas e órgãos públicos, já aderiu à proposta, plantando 47 mil árvores grauitas fornecidas pelo viveiro.

Mudas e palestras
E para marcar a Semana do Meio Ambiente, a cooperativa contempla seus associados e clientes com doações de mudas e realização de palestras. Cerca de 2,62 mil estão sendo doadas para escolas e comunidades de Teutônia, Nova Bréscia, Barão, São Pedro da Serra, Santa Cruz do Sul, Sobradinho e Garibaldi. Palestras enfocadas na preservação ambiental também estão sendo ministradas para estudantes e comunidades de Travesseiro e Lajeado. Fonte: Assessoria de Imprensa

Gigliola Casagrande
gigi@informativo.com.br

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 2.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: -1 (from 1 vote)