Aumenta desmatamento na Amazônia Legal

5 de outubro de 2016
Mais árvores no chão. O desmatamento na Amazônia Legal aumentou 24% de agosto de 2014 a julho de 2015, em relação ao período anterior, de agosto de 2013 a julho de 2014. Essa é a maior taxa nos últimos quatro anos. Os dados consolidados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes) de 2015 foram divulgados ontem  pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e apontam a derrubada de 6.207 quilômetros quadrados de floresta. No período anterior, o desmatamento chegou a 5.012 km².
Em novembro de 2015, o instituto havia divulgado uma estimativa de 5.835 km² de supressão de floresta para o Prodes 2015. Segundo o Inpe, a taxa consolidada foi calculada com base em 214 imagens de satélite. Já a taxa estimada estava baseada em 96 imagens, selecionadas de modo a cobrir a área onde foram registrados mais de 90% do desmatamento no período anterior e também os 43 municípios prioritários para a fiscalização. O Pará ainda é o estado que lidera o aumento do desmatamento na Amazônia Legal. A taxa para o estado subiu 14%, com uma supressão de 2.153 km² de floresta entre agosto de 2014 a julho de 2015.
Saiba mais
A Amazônia Legal é uma área que engloba nove Estados – a totalidade do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do Mato Grosso e Maranhão, perfazendo uma superfície de cerca de  5.217.423 km², correspondente a cerca de 61% do território brasileiro.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Projeto devolve 50 papagaios à Caatinga

30 de agosto de 2016
No mês de agosto, 50 papagaios foram devolvidos à natureza no sertão nordestino. As aves foram resgatadas ao longo das obras do Projeto de Integração do rio São Francisco pelo Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna) e vão se juntar a outros 116 mil animais já reabilitados e reintegrados à vida selvagem.
Entre os animais resgatados há veados, cobras, aves, tatus e calangos. O trabalho realizado pelo Cemafauna já resgatou mais de 133 mil animais de várias espécies, sendo três em extinção: um gato do mato, um mocó da caatinga e um gato mourisco, que estão em reabilitação no Centro. O processo inclui tratamento, alimentação e preparação, por meio da utilização de várias estruturas: viveiros, jaulas, salas, laboratórios e clínicas veterinárias.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Programa Bike

29 de agosto de 2016
Os vereadores de São Paulo aprovaram, na última semana, o projeto de lei que cria um subsídio aos cidadãos pelo uso da bicicleta como meio de transporte. Trata-se do Programa Bike, que estabelece o pagamento de R$ 50 mensais denominado de Bilhete Mobilidade.
A matéria foi encaminhada para sanção do prefeito Fernando Haddad e, caso, seja transformada em lei, permitirá aos ciclistas receber um resgate em dinheiro ou em crédito para utilização de serviços de uma rede credenciada. O beneficiário terá de comprovar o uso diário da bicicleta, informando o local e a distância percorrida e para isso deverá estar cadastrado ou comprar o bilhete único mensal.
A ideia é que o beneficiário acumule pontos para depois receber em espécie ou em crédito, que poderão ser usados em serviços de manutenção ou na troca da bicicleta usada por uma nova e no pagamento de serviços públicos, como conta de água e luz.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Criada a maior reserva marinha do mundo

26 de agosto de 2016
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criou a maior reserva marinha do mundo, lar de milhares de criaturas raras nas ilhas do noroeste do Havaí. O anúncio de Obama, feito no dia 26 de agosto, mais do que quadruplicou o tamanho da área protegida existente, conhecida como Monumento Nacional Marinho Papahanaumokuakea, que passou a ter 1,5 milhão de quilômetros quadrados – cerca de quatro vezes o tamanho da Califórnia.
As águas são o lar de recifes de corais e centenas de animais que não são encontrados em nenhum outro lugar na Terra. Cerca de 14 milhões de aves marinhas voam sobre a área e fazem seus ninhos nas ilhas. No local também vivem tartarugas-verdes ameaçadas e focas monge do Havaí, em perigo de extinção.
O monumento marinho foi criado em 2006, pelo então presidente George W. Bush, e em 2010 foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Gás que esfria geladeira deixa planeta mais quente

26 de agosto de 2016
Você pode estranhar, mas o problema é real: um gás que está na geladeira e no ar-condicionado é um dos responsáveis por deixar as temperaturas do planeta cada vez mais altas. O composto chamado HFC, responsável pelo resfriamento, é, ao mesmo tempo, um vilão para o aquecimento global. O lado bom é que este gás deve ser banido em breve.
O problema com o HFC, grupo de gases que contém hidrogênio em sua fórmula, começou no Protocolo de Montreal, que baniu em 1987 o famoso CFC de objetos refrigeradores e aerossóis. À época, o CFC, com cloro, era temido por abrir um buraco gigante na camada de ozônio e causar o efeito estufa. Tanto é que neste ano já se notou que o buraco começou a diminuir. Mas a substituição do CFC pelo HFC acelerou um problema quase tão grande quanto: o aquecimento global.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Países lançam campanha para criação de Santuário de Baleias

22 de agosto de 2016
Brasil, África do Sul, Argentina, Gabão e Uruguai lançaram, no dia 18 de agosto, no Rio de Janeiro, uma campanha pela criação do Santuário de Baleias do Atlântico Sul. A proposta quer sensibilizar a comunidade internacional para aprovar uma área de conservação dos animais que habitam o oceano Atlântico.
O engajamento da sociedade ocorrerá por meio das redes sociais, com a hashtag #SantuarioEuApoio e de um grande abaixo-assinado. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, destacou que a campanha tem a intenção de captar votos de países ainda indecisos em relação à criação do Santuário, que será decidida pela comunidade internacional em outubro.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Julho mais quente desde 1880

17 de agosto de 2016
A análise mensal das temperaturas globais, feita por cientistas da Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, mostrou que julho de 2016 foi o mês mais quente desde 1880, quando os regitros começaram a ser feitos. Este ano pode ser o mais quente da história. O levamentamento é realizado a partir de dados adquiridos por cerca de 6,3 mil estações meteorológicas em todo o mundo, instrumentos navais e boias de medição da temperatura da superfície do mar e estações de pesquisa da Antártida.
Em Portugal, julho deste ano já havia sido registrado como o segundo mês mais quente desde 1931, segundo dados do Boletim Climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. O valor médio da temperatura máxima do ar no mês passado foi de 32,19 C°. Ainda em julho, as temperaturas máximas e mínimas estiveram muito superiores ao normal. De acordo com o instituto português, os valores médios da temperatura do ar só foram maiores em 1989, ficando em 24,33 C° (em julho de 1989 foi de 24,63 C°), mais de dois graus acima do valor médio do período entre 1971 e 2000.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Espécies esperam identificação na Amazônia

15 de agosto de 2016
Um artigo publicado no periódico Scientific Reports recentemente aponta que seriam necessários 300 anos para catalogar as espécies de árvores da Amazônia. Segundo o levantamento, ainda existem quatro mil espécies desconhecidas à espera de identificação.
O estudo é realizado pelo Naturalis Biodiversity Centerm, da Holanda, e já identificou 11.187 espécies nos nove países abrangidos pelo bioma entre 1707 e 2015. O número é resultado do esforço de pesquisadores de museus que contêm coleções em todo o mundo. As espécies pertencem a 140 famílias e 1.225 gêneros.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Dia Mundial do Elefante

12 de agosto de 2016

Você sabia que 12 de agosto é o Dia Mundial do Elefante? O World Elephant Day foi criado para proteger todas as espécies de elefantes e obter apoio para a conservação destes que são os maiores mamíferos terrestres do planeta. A característica mais marcante é sua tromba, utilizada para ações que exigem tanto força, como levantar galhos de árvores, como delicadeza, como pegar uma única folha de grama do chão. Também é quase um canudinho – o animal suga enorme quantidade de água com a tromba e a leva até a boca  para matar a sede. Chega a pesar até sete toneladas.
A caçada ao marfim, retirado de suas presas,  ameaça o elefante africano. O número de animais caiu 62% nos últimos dez anos, e eles podem ser praticamente extintos até o final da próxima década. Estima-se que cem são mortos a cada dia por caçadores em busca de marfim, carne e partes do corpo, deixando apenas 400 mil restantes.
Na mídia e entre celebridades, a hashtag #SaveTheElephants tornou-se um grito de guerra, engajando na causa figuras públicas como Leonardo DiCaprio e Lupita Nyong’o.

VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)

Maior coruja das Américas será atração no Gramadozoo

9 de agosto de 2016
Uma coruja-orelhuda, espécie conhecida como a maior coruja das Américas, será a nova atração para os visitantes do Gramadozoo, zoológico de Gramado. A ave chegou ao zoo no final de maio, após ser resgatada por uma clínica de Porto Alegre, com lesão em uma das asas.
O veterinário Renan Alves Stadler, responsável pelo parque, acredita que o ferimento tenha sido causado por uma paulada. “Por causa da gravidade da lesão, a asa precisou ser amputada, o que impede o animal de retornar para a natureza”, explica Stadler.
A coruja foi encontrada com outro animal da mesma espécie, que não resistiu aos ferimentos. Agora o zoológico pretende utilizar o animal para conscientizar o público. “Queremos que sirva de exemplo para que outros animais não sofram a mesma violência”, afirma o veterinário.
VN:F [1.9.1_1087]
Avalie este post:
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.1_1087]
Rating: 0 (from 0 votes)